JDM Meeting

Realizado nas dependências do Shopping D (SP), a primeira edição do JDM Meeting, evento destinado exclusivamente a carros japoneses customizados foi simplesmente um grande sucesso tanto na quantidade e qualidade dos carros expostos, como também no público, que compareceu em peso no evento. Foi possível conferir grandes lendas do universo JDM (Japanese Domestic Market), como Toyota Supra A60 , Mazda RX7, Nissan GT-R R32 e R35, entre outros.

Confira um pouco do que rolou neste grande evento:

f/ Eduardo Bellacosa

Bubble Gun Treffen X (BGT X)

O BGT X (Bubble Gun Treffen X), realizado entre os dias 30 de novembro e 02 de dezembro na cidade de Águas de Lindóia (São Paulo), já é conhecido na cena automotiva como o maior evento do grupo VAG (carros da Volkswagen e marcas do grupo como Audi, Seat, Porsche etc) da América Latina e vem tomando proporções cada vez maiores, contando com forte apoio da prefeitura da cidade e da própria VW Brasil.

Em sua décima edição, além dos mais de 1000 carros que já ocupam toda a praça Adhemar de Barros, uma atração a parte foi a visita do jornalista norte-americano Jamie Orr, um grande entusiasta da marca VW, que criou um desafio insano: vir para o Brasil, comprar uma Saveiro “quadrada”, reformar, personalizar e turbinar, tudo isso em apenas 5 dias, para que o pequeno utilitário fosse exposto no BGT X, e depois disso será levado a Alemanha, onde irá para a matriz da VW na cidade de Wolfsburg, rodar na mítica pista de Nürburgring e depois será levada aos Estados Unidos, para ficar na garagem de Jamie ao lado de outros clássicos, entre eles um Fox 93, o nosso Voyage “quadrado”.

O americano começou a saga, que ficou conhecida na internet como Saveiro Challenge, no domingo, dia 25/11 com a compra de uma Saveiro 1989. Na segunda-feira Jamie e sua equipe visitaram a SPA Turbo para conhecer nossas instalações e escolher todas as peças de performance que equipariam seu projeto.

Apesar de extremamente ousado, o projeto foi um sucesso e no sábado a Saveiro chegava a cidade de Águas de Lindóia e se juntava a milhares de outros fãs da marca alemã.

Confira abaixo uma galeria de imagens de um pouco do que rolou neste grande evento:

f/ Eduardo Bellacosa / Jamie Orr

The Underground 4 (2018)

A SPA Turbo foi uma das patrocinadoras do The Underground 4, evento realizado na cidade de Sorocaba (SP) que reuniu cerca de 250 carros de todos os anos de fabricação e estilos de customização. Haviam desde clássicos completamente imaculados, como um Ford 1929 em estado impecável de conservação, até modernos esportivos com customizações insanas e potência de sobra, tudo isso em um ambiente literalmente underground, em um estacionamento subterrâneo, no maior estilo Velozes e Furiosos.

Estivemos presentes com um estande repleto de peças e a presença do Jolf da Auto Super, equipado com um kit turbo básico SPA, que a galera pode ver pessoalmente após ter acompanhado a escolha do kit através DESTE VÍDEO.

Abaixo alguns dos destaques do evento, que foram premiados após serem escolhidos por jurados como os melhores projetos do evento:

Confira abaixo um tour animal em vídeo e uma uma galeria com centenas de fotos das máquinas presentes neste belo evento:

Weber e Seu Corpo Duplo

O carburador de corpo duplo nasceu da visão de Edoardo Weber, italiano filho de um Suíço, começou a trabalhar na Fiat (Fabrica italiana Automobilística de Turim) em 1907 como um simples operário trabalhando com tornos e ajustadores mecânicas.

Depois de anos de experiência adquirida, em 1923 percebeu que os carros tinham um fraco rendimento para os motores da época. Em Bolonha Weber fundou a Fábrica Italiana de Carburadores Weber, junto com o engenheiro Lancelloty e os irmãos Donini.

O primeiro carburador que os três produziram juntos foi para um caminhão 18BL-15TER, mas apesar dos bons resultados obtidos, a sociedade acabou terminando e Weber ficou como o único dono da empresa.

Algum tempo depois, Weber decidiu aperfeiçoar o Econo-Super-Alimentatore, um carburador idealizado para ser usado nos Fiat 501 e 505 que permitia obter a máxima potencia do motor com mínimo esforço do carburador. O sucesso foi enorme, e rapidamente passou a ser adotado pelos taxistas de Bolonha, que apesar da fama de desconfiados e hostis aceitaram usar o modelo em seus Fiat 505.

Depois do sucesso com os taxistas, ele começou a experimentar a sobrealimentação do turbo compressor em um Fiat 501 Sport, e idealizou o primeiro carburador de corpo duplo diferenciado, que rapidamente também foi aplicado nos modelos 502 e 503 da Fábrica de Turim.

Após chegar em terceiro lugar numa corrida em Mugello pilotando esse 501 Sport, logo chamou atenção dos irmãos Maserati que decidiram instalar o modelo que Weber usara na corrida em um modelo V4 de 16 cilindros e que mais tarde seria pilotado por Mario Umberto Borzacchini que foi recordista mundial de velocidade na época.Depois de quebrar recordes e conquistar todo o mercado automobilístico Weber foi sequestrado em 17 de maio de 1945 e desapareceu. Infelizmente seu corpo nunca foi encontrado e até os dias de hoje seu túmulo permanece vazio. Após o seu desaparecimento o governo italiano tomou o controle da fábrica e de todas as patentes pertencentes a Weber, passando a distribuí-las gratuitamente para às fabricantes italianas de veículos, o que acabou ajudando ainda mais a difundir seu nome e seu legado pela história dos carros.

O carburador de corpo duplo não morreu com seu inventor, muito pelo contrário, ele ganhou mais espaço e até a metade dos anos 90 muitos carros lançados em países do 3º mundo ainda utilizavam o sistema carburado. Mas hoje no século XXI, o uso do carburador se tornou algo para os entusiastas da performance e do antigomobilismo.Nós da SPA Turbo temos o orgulho de possuir em nossa linha de produtos dois modelos do mítico Weber IDF 40/46, com alterações voltadas para quem tem em mente a performance. Os carburadores SPA 40 IDF e SPA 46 IDF High Volume são inspirados nos modelos Weber de corpo duplo, mas com modificações relevantes para aqueles que desejam maior performance em seus veículos:

A cuba dos carburadores SPA é 20% maior que a dos modelos tradicionais. Enquanto os demais oferecidos no mercado tem um recipiente com aproximadamente 130ml, os SPA High Volume, já saem da linha de produção com uma cuba de 160ml. Uma cuba com maior volume de combustível é essencial nas aplicações sobrealimentadas e no uso de misturas com maior proporção de combustível.

Outro ponto a se destacar nos SPA High Volume, é que eles já saem com canetas F7, que são as mais indicadas para veículos a etanol, possuindo a proporção correta sobre a mistura de ar/combustível, causando uma emulsão mais homogênea, o que é ideal para veículos voltados a performance. Já as peças comercializadas no mercado acompanham em sua grande maioria canetas F11, que são indicadas somente para motores à gasolina.Nosso carburador já vem com agulhas de 350mm, que são melhores para a maioria dos projetos. Já as versões concorrentes precisam ser trocadas em 95% das vezes, pois a vazão não é adequada para preparações, sendo necessário retrabalho, muitas vezes danificando à agulha e a tornando inútil para o uso.Com 26mm, os difusores dos carburadores SPA High Volume, já vêm na medida mais utilizada pelos preparadores e permitem retrabalho quando necessário em projetos especiais.Todos os pontos citados acima facilitam o acerto do motor, reduzem os custos e tornam mais fácil a vida de quem procura qualidade e resultados, tanto dentro das pistas quanto nas ruas. Confira abaixo a tabela e observe que os carburadores SPA High Flow são em média 25% mais acessíveis que os de outras marcas.

A SPA espera que os carburadores permaneçam ainda por muito tempo na vida dos apaixonados por carros, e que cada vez mais os donos de carburados tenham em mente o quanto esse sistema clássico de injeção de combustível foi e é importante para que seus carros tenham todo o fôlego e disposição, seja para, acelerar forte ou rodar com classe.

Conheça as novas parcerias da SPA Turbo no YouTube

A SPA Turbo fechou parcerias com dois grandes nomes do YouTube Brasil, Os canais Auto Super e Bruno Bär. Nas últimas semanas os seguidores dos canais puderam conhecer um pouco dos nosso produtos e nossa loja física

Lucas e Filipe são dois amigos aficionados por carros que juntos estão sempre em busca de novos projetos para suas máquinas sempre batizadas com nomes criativos.


No vídeo acima eles visitaram nossa sede localizada no bairro da Barra Funda / SP, em busca de algumas peças para a Audi S3 do Filipe e ficaram deslumbrados com a quantidade de peças disponíveis para a venda em nossa loja física.

Bruno Bär é um piloto profissional de Drift desde 2016, dono de um Nissan 350Z o piloto faz diversas peripécias pelas pistas do Brasil e é conhecido pelo seu estilo agressivo e seu carro com cores vibrantes.


No vídeo acima você confere algumas peças e acessórios que Bruno recebeu da SPA Turbo e que fará parte do seu novo projeto para o 350Z.


Nesse vídeo acompanhamos a vinda do Nissan para o nosso Laboratório onde estamos desenvolvendo um coletor de escape especial e Bruno aproveitou para conhecer nosso estoque de peças e acessórios e nosso dinamômetro de motores.

Fiquem de olho nos canais da Auto Super e do Bruno Bär para mais novidades em Breve!

Produtos SPA Turbo em 1º, 2º, 3º… No Festival 2015

A SPA Turbo esteve presente nos lugares mais altos do pódio da categoria Turbo C na principal prova do calendário anual, o 22º Festival Força Livre de Arrancada:

1º Lugar – Nathan Mangoni. Equipe Serro Motorsport

1 Lugar - Nathan Mangoni. Equipe Serro Motorsport

O DTC #595 utiliza:

Biela Super A 144 V2: http://bit.ly/1cxkEBE

Dosador HPC: http://bit.ly/1NrZD8M

Carro recordista da categoria no Velopark em 2015.

2º  Lugar – Rogerio (Pé) Bernardi – Equipe Teruo Motorsport

2  Lugar -ROGERIO (PÉ)  BERNARDI - Equipe Teruo Motorsport

Motor Pé

O DTC #1322 utiliza:

Coletor turbo monofluxo T3 “L”: http://bit.ly/1dvbGVQ

Biela Super A 144 V2: http://bit.ly/1cxkEBE

Prisioneiro de cabeçote 118mm: ://bit.ly/1Lyde1B

Cabo de vela de silicone 10,4mm: http://bit.ly/1jNP0nF

Carro campeão e recordista da categoria no Paranaense em 2015.

3 Lugar- Fernando (Tatu) Prado. Equipe Dragster Motorsport

3 Lugar- FERNANDO (TATU) PRADO. Equipe Dragster Motorsport

O DTC #780 utiliza:

Coletor turbo monofluxo T3 “L”: http://bit.ly/1dvbGVQ

6º Lugar – Julio Cesar (Tocha) Goetten – Equipe Bimba Preparações

6 Lugar -JULIO CESAR (TOCHA) GOETTEN - Equipe Bimba Preparações

Motor Gol Tocha

O DTC #365 utiliza:

Mufla Hi-Flow p/ carburador 2E/3E Turbo C: http://bit.ly/1L4jQOY

Prisioneiro de cabeçote 118mm: http://bit.ly/1Lyde1B

Confira a cobertura completa da 5ª etapa do campeonato no link a seguir: 22º Festival Força Livre de Arrancada

12º Festival Acav Racing de Arrancada

Foi realizado no Autodórmo Virgilio Távora, em Eusébio, região de Fortaleza (CE), o 12º Festival Acav Racing de Arrancada, que também foi válido como a final da Copa Nordeste 2015. Além das puxadas, que tem como destaque a diversidade de marcas e modelos na pista, a prova contou com diversas atrações para o público, como espaço para clubes de carros antigos e preparados, campeonato de som, escolha da Garota Arrancada, Lava Car Sexy, entre outras. Confira nas imagens abaixo um pouco do que rolou por lá:

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

DSCN5925

DSCN5880

DSCN1589

DSCN1485

DSCN1385

SONY DSC

Fotos: infinityclubce.com.br

5ª ETAPA DO CAMPEONATO FORÇA LIVRE DE ARRANCADA

A 5ª Etapa do Campeonato Força Livre de Arrancada, válida pela final do campeonato, foi realizada entre os dias 2 e 4 de outubro e revelou os grandes campeões do ano e contou com diversos pilotos em busca do acerto perfeito para o Festival que acontecerá no mês de dezembro. 3 recordes foram batidos e o público ainda pode conferir as puxadas de caminhões, que fizeram bonito subindo a reta do AIC (Autódromo Internacional de Curitiba) em 9s (201m). Confira os destaques e fotos exclusivas:

O piloto Rogerio Bernardi, da Teruo Motorsport, que é um grande parceiro SPA Turbo e utiliza diversos equipamentos da marca em seu Turbo C, mais uma vez ficou no lugar mais alto do pódio e faturou a vitória da etapa, o recorde da categoria com 11s019 e ainda o campeonato 2015.

IMG_2035

IMG_4509

IMG_4779

Também na Turbo C, o piloto César Tocha da equipe Bimba Preparações, outro parceiro SPA Turbo, faturou o quarto lugar nessa etapa e o terceiro lugar no campeonato.

IMG_4928

IMG_4926

IMG_2044

IMG_2058

Vitória e recorde na Traseira Original: Fabio Costa equipe Julieta Competições Tempo 10s463

IMG_4877

IMG_4881

IMG_5053

Vitória e recorde na Turbo Traseira: Celso Camargo equipe Julieta Competições Tempo: 8s140

IMG_4309

Vitória e recorde na Traseira Street Traseira: Marcos Bruel equipe Pezinho Preparações tempo: 9s755

IMG_4073

IMG_4363

Caminhões fazendo bonito na reta do AIC:

IMG_4408

IMG_2049

Volume do motor: qual a diferença entre ci e cc?

O uso de diferentes unidades de medidas é comum pelo mundo e essa diferença de costumes resulta em valores diferentes para uma mesma dimensão, dependendo do sistema utilizado.

cc_mini

Os fabricantes de motores, por exemplo, indicam o volume de um determinado motor de duas maneiras: centímetros cúbicos (cc – cubic centimeters ) ou  polegadas cúbicas (ci – cubic inches). Nos Estados Unidos, o comum é a utilização do sistema Britânico de unidades (polegadas). Já no Brasil, adotou-se como padrão a utilização do sistema internacional de unidades (sistema métrico), portanto, a maioria dos veículos se utiliza da forma métrica para indicação do volume do motor (1.0/1000cc, 1.6/1600cc, 1.8/1800cc e 2.0/2000cc ). Mesmo assim, é possível encontrar por aqui as duas formas de indicação, pois existem alguns carros, principalmente os clássicos do passado, que se utilizam do sistema britânico para a indicação do volume do motor. Esse é caso do Opala 250 (250ci) e também do Maverick 302 (302ci). Assim, torna-se necessário conhecer a relação entre o sistema métrico e o sistema britânico para que seja possível realizar a conversão dos valores a fim de evitar erros nos cálculos. Abaixo, uma imagem comparativa entre os dois sistemas de unidades.

Como podemos observar, 1 polegada equivale a 25,4mm. Assim, para achar o valor em milímetros equivalente a, digamos, 4 1/8” o cálculo será:

 

Multiplicando o valor em polegadas pela relação equivalente em milímetros, se obtém e o valor da dimensão em milímetros; para o calculo inverso (obtenção do valor em polegadas) , é necessário dividir o valor em milímetros por 25,4 polegadas.

Por exemplo, para encontrar o valor em polegadas correspondente a 95,25mm, devemos proceder da seguinte forma:

 

Para realizar o cálculo do volume do motor em qualquer unidade, a equação deve ser:

Onde:
-V = Volume do motor;
-Ø = Diâmetro do cilindro;
-h = Curso do pistão;

Para obter o volume do motor em polegadas cúbicas, deve-se indicar na equação os valores de Ø e h em polegadas; por outro lado, se desejamos obter o valor do volume em centímetros cúbicos, devemos indicar os valores em centímetros (ou em milímetros, dividindo o resultado da equação por 1000).

Conversão dos valores de volume do motor

No Brasil, alguns modelos de carros têm o volume do motor indicado em polegadas cúbicas. Mas qual o valor equivalente no sistema métrico? Vamos utilizar como exemplo 2 motores muito famosos há algumas décadas: o Chevrolet 250, que equipou o Opala, e o Ford 302, que equipou o Maverick. Como esses valores estão indicados em polegadas cúbicas, para converter o valor de volume diretamente para centímetro cúbico, podemos multiplicar esse valor por 16,387, como segue:

Da mesma maneira, muitos softwares que realizam cálculos de potência, consumo e dimensão de injetores, utilizam valores em polegadas cúbicas (ci). Assim, se você dispõe dos dados em cm³ e deseja realizar os cálculos através desses softwares, basta converter os dados de cm³ para polegadas cúbicas, como mostrado acima, e utilizar esses softwares sem problemas.

No site da SPA Turbo (área de Cálculos e conversões), você poderá fazer a conversão de cm³ para polegadas cúbicas (ou de polegadas cúbicas para cm³) rapidamente e sem dificuldades, além do cálculo de cilindrada (cc).

Frederico Falcão Weissinger
Engenheiro Mecânico