Trem de válvulas

A importância das molas, pratos e travas de válvulas em um projeto de alta performance ou competição

Com a enorme evolução vista nos últimos anos, onde motores com 500 cv nas ruas e 1000 cv nas pistas são comuns, o esforço aplicado em determinados componentes indispensáveis ao bom funcionamento do conjunto deve ser estudado com cuidado visando não somente alto desempenho, mas principalmente segurança e durabilidade. No meio da alta performance nacional, infelizmente ainda são poucos os preparadores e entusiastas que tem conhecimentos e dão real importância aos componentes do trem de válvulas (molas, pratos e travas) quando vão realizar um projeto de cabeçote para alta performance ou competição. Geralmente é adotado um comando de válvulas com especificações estratosféricas funcionando com todo o trem de válvulas original com, no máximo, molas mais rígidas. O fato é que muitas vezes acaba-se não aproveitando nem 50% do potencial do comando e dos trabalhos no cabeçote, pois não será possível atingir o limite de rotação e levante que o comando oferece, dessa forma o investimento de cabeçotes com alto fluxo acaba perdido devido as limitações das molas, pratos e travas originais.

prato_trava_mola_EVTRVW01JG_1000x1000

As molas de válvulas que equipam os motores originais são fabricadas em aço comum e possuem carga suficiente para evitar a flutuação das válvulas até o limite de rotação definido pela montadora e dificilmente um usuário comum irá atingir essa faixa de giros consecutivamente, o que acontece com certa facilidade nos motores de alta performance e principalmente de competição. Já molas especiais são fabricadas com materiais mais resistentes como o aço ASTM A877 e possuem cargas mais altas e devem ser escolhidas de acordo com o restante do conjunto, pois molas com pouca carga permitirão que as válvulas flutuem e possivelmente ocasione quebras, já molas com muita carga farão com que as válvulas enfrentem muita resistência, dificultando o levante e prejudicando o desempenho. Deve-se sempre se atentar aos valores de carga inicial e final da mola, e também ao fato delas serem do tipo simples, duplas ou triplas, sendo as duas últimas indicadas para comandos com rampas agressivas de duração e alto levante.

mola2_350x350

Pratos de válvulas tem como finalidade assentar as molas na sede, garantindo que as molas se comprimam e se expandam conforme o perfil do comando de válvulas, sem perder a carga necessária para o correto funcionamento. Os componentes originais também são projetados para funcionarem segundo os limites definidos pela montadora e devem ser substituídos sempre que ocorrer a troca das molas por componentes especiais, pois os pratos para alta performance são fabricados em materiais mais resistentes, como o aço forjado cromolibdênio AISI 4140 nitretado dos pratos comercializados pela SPA Turbo.

EVPRMW01U (2)

As travas de válvulas, apesar de serem componentes que possuem pequenas dimensões físicas, exercem um grande papel para o bom funcionamento do trem de válvulas e geralmente são esquecidos na hora de elaborar um projeto de alta performance. As travas de válvulas originais da grande maioria dos motores são fabricadas em aço comum, que resiste bem as exigências de um motor projetado para render a potência e limite de rotações estipulados como limite pelo fabricante. No caso de motores que tenham aumento de desempenho, e principalmente troca de comando de válvulas por outros com maior graduação e levante, os componentes originais não suportam o esforço aplicado e acabam permitindo que as válvulas desçam, ocasionando uma quebra que, na melhor das hipóteses, lhe deixará com avarias no cabeçote e a pé. Em casos mais graves, as quebras podem acarretar até a perda do motor por completo, já que pedaços das válvulas e outras peças podem ser enviados para as câmaras de combustão, danificando a câmara, pistões e até turbina.
EVTRVW01U_trava_1000x1000

Travas de válvulas especiais são fabricadas com materiais especiais, que resistem as exigências dos motores de alta performance e competição com folga. O material utilizado na fabricação das travas de válvulas para motor AP 8V da SPA Turbo, por exemplo, é o aço forjado cromolibdênio AISI 4140 nitretado  O aço forjado cromolibdênio AISI 4140 é uma liga metálica bastante usada em aplicações industriais, principalmente as que requerem resistência a deformação. Neste caso, as travas ainda recebem o tratamento termoquímico de nitretaçao, que aumenta ainda mais a dureza do aço.

DSCN7374

Além do material especial, essas travas possuem o grande diferencial de trabalharem com 10° de angulação no assentamento com o prato em relação aos 7° das travas originais e alguns modelos especiais. Essa angulação garante uma maior distribuição de carga nos pratos e molas, reduzindo ainda mais os riscos de uma possível quebra das travas.

travas

Com um preço bastante acessível e benefícios comprovados não só na teoria, o valor gasto nos componentes do trem de válvulas não deve ser considerado como um custo, e sim um investimento para a segurança de seu motor, seja ele de rua ou de pista.

 

Conheça mais sobre esses componentes clicando AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *